Postagens recentes

#Resenha| EU, ROBÔ - Isaac Asimov (Ediouro) #LivrosVSFilmes

29 julho 2013 2 comentários

Esqueça Hollywood e toda aquela sequência de ação vista no filme do diretor Alex Proyas. No livro ''Eu, Robô'' há poucas semelhanças com o filme estrelado por Will Smith.

O livro publicado na década de 50  pelo escritor Isaac Assimov,  é o conjunto de nove contos, que inicialmente foram publicados separadamente, mas sendo interligados e lineares.




A obra de Isaac conta a história da evolução dos robôs, que no principio eram limitados e possuíam funções básicas, mas com o passar do tempo esses robôs tornaram-se indispensáveis à vida humana.

O livro, com uma narrativa leve e histórias divertidas, a principio parece ser despretensioso, mas aos poucos é possível notar reflexões profundas e filosóficas (como: penso, logo existo de Descartes). Mesmo assim, o livro não fica pesado e a cada conto o autor nos prende com a  história de um novo robô.
'Eu, robô' torna-se de grande importância para a literatura mundial, pois se diferencia das obras anteriores de ficção cientifica. O livro é responsável pela criação de termos como "robótica" que foi adotado por toda sociedade cientifica. Hoje, se existem  robôs 'bonzinhos'  no cinema ou nos livros, como CPO3 e R2D2   de Star Wars,  é graças a obra de Isaac, que rompeu com a "teoria de Frankenstein" onde os robôs sempre se voltavam contra seus criadores ou faziam mal aos humanos. Tudo isso por que o escritor criou as Três Leis da Robótica, existentes somente nos livros (é claro).


Primeira lei: um robô não pode ferir um ser humano, ou, por inação, permitir que um humano seja ferido.

Segunda lei: um robô deve obedecer às ordens dadas por humanos, exceto se tais ordens entrarem em conflito com a Primeira Lei.

Terceira lei: um robô deve proteger a sua própria existência desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira ou Segunda Leis.

Portanto, tudo isso faz com que o livro seja uma obra fascinante, e por isso  o Escrivaninha Literária  dá 5 estrelinhas para o Livro. 

Escrivaninha Literária nas Redes SociaisFacebook| Twitter| Instagram|Skoob

2 comentários:

  1. Esse é um dos livros que está na minha lista de desejados. Não me amiro nem um pouco pelo fato de o filme não ter quase nadda a ver com o livro, isso é mais comum do que seria de se supor.
    O mais interessante em relação às três leis da robótica (todo fã de ficção científica as conhece com certeza) é o quanto elas estão no inconsciente coletivo, mesmo quem nunca ouviu falar em Asimov já ouviu falar nelas, são parte da cultura pop.

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bom?
    Olha eu gosto muito do filme, acho que o fato de will estar nele aumenta esse gosto kkkkk
    Mas adorei sua narrativa em relação ao livro, pois sempre o livro é bem melhor que o filme e nem sempre eles têm muita coisa em comum, não sabia que existia o livro, mas fiquei muito curiosa para ler. Essas leis acho muito massa. Na próxima deixa um link onde possamos comprar, fica mais fácil pra gente hehe.
    Bjs*-*
    Poliana Araújo
    Território das Garotas
    twitter

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é imprescindível para avaliar nosso trabalho.

Obrigado!