Postagens recentes

NA POLTRONA COM O ESCRITOR #1

13 julho 2011 6 comentários
Para dar inicio a nossa sessão de entrevistas (a primeira de muitas aqui no E.L), entrevistei o escritor, e por sinal, um grande amigo meu, Emerson Machado. Ele vai nos contar um pouco sobre a vida de escritor, dar algumas dicas para quem está começando e contar um pouco de como é o processo de criação até termos em mãos uma linda obra literária. 

1) E.L - Quando e como você percebeu que tinha jeito para escrever?

Emerson Machado: - Tudo começou aos sete anos, quando comecei a escrever certos contos. Eu já gostava muito de ler, meu pai vivia me trazendo livros e acho que isso influenciou muito na minha vontade de escrever. 

2) E.L - Qual seu gênero preferido para escrita e leitura?

Emerson Machado: - Gosto muito de fantasia, drama, suspense, infantojuvenis... E gosto muito de escrever dentro desses gêneros, mas ultimamente tenho trabalhado mais a área infantojuvenil.

3) E.L - Como foi o processo de criação de sua primeira obra, Nevon - O Pacto de Morte?

Emerson Machado: - Eu tinha na cabeça uma família (Nevon) e queria que coisas extraordinárias acontecessem com ela, mas sem deixar de demonstrar valores reais como o amor entre irmãos, a inveja, o amor de mãe... E com a ajuda da minha irmã (Ingryd Machado) que lia todos os dias as páginas que eu escrevia, eu dei vida à família no decorrer de quase 300 páginas com muita aventura, ação e, da minha parte, muito carinho.

4) E.L - Emer, o que mais influência em suas escritas?

Emerson Machado: - Cotidiano. Mesmo que às vezes eu crie mundo, faça "magia" nas páginas, valores e princípios reais influenciam a história. Como exemplo, posso dar meu último livro publicado, "O Investigador de Sótãos", é ficção, mas toco em assuntos importantes como a vida familiar, a amizade entre diferentes, doação de órgãos... É como se eu usasse a ficção para falar de assuntos que devem ser mais explorados.


5) E.L - Como são seus momentos de criação?

Emerson Machado: - Não sei exatamente como responder isso (rs). Geralmente eu começo do nada... E preciso de muito silêncio. Não ouço música enquanto escrevo, e tento não me distrair com outras coisas. Preciso estar completamente focado no enredo para que ele saia do jeito que eu imagino. É um trabalho "artesanal", digamos. Preciso de toda a concentração possível, para poder agradar meus leitores com uma leitura que valha a pena.

6) E.L - Quais seus autores e obras preferidos?

Emerson Machado: - J. K. Rowling e sua série "Harry Potter", é claro (rs). Mas essa é a série da minha infância e adolescência... E acho que nunca saí dessa fase. Gosto muito de livros infantojuvenis. Meus livros favoritos são "Como Viver Eternamente", da inglesa Sally Nicholls, "Quarto", da irlandesa Emma Donoghue, gosto muito de Stephen King e muitos outros. Leio de tudo.

7) E.L - Seus personagens: como se dá o processo de criação?

Emerson Machado: - Eles são uma graça, não são? Brincadeiras à parte, me inspiro em pessoas reais, para dar mais veracidade à história. Ou então "misturo" pessoas. Por exemplo, meu amigo José tem uma característica que eu adoro, já a minha amiga Maria tem outra que eu odeio. E se uma única pessoa tivesse as duas característica... Então crio meu personagem. É claro que alguns personagens precisam de atenção especial, como é o caso de Hunt em "Nevon - O Pacto de Morte" - ele é cheio de mistérios e para ficar verossímil, preciso estudar bastante sua personalidade, seus desejos, seus sonhos, onde ele vai chegar... Cada personagem é tratado como um filho, e precisamos cuidar bem dos filhos para que eles cresçam fortes e saudáveis.

8) E.L - Sua família lhe apoia na vida de escritor?

Emerson Machado: - Sim. No começo era meio algo como "ah, legal, o Emer escreve", mas agora, depois de dois livros publicados, eles me apoiam pra valer e fazem de tudo para comparecer às sessões de autógrafos e noites de lançamento. Meu pai sempre me motivou e foi por ele que dei meu pontapé inicial. Ele lê tudo que eu escrevo e lembro até hoje quando eu era um pré-adolescente dele dizendo: "Por que você não escreve um livro? Ah, filho... Pelo menos uma página por dia e daqui um tempo você tem um livro pronto". A partir daí, comecei de verdade. E todos na família gostam dos meus livros... Pelo menos, se não gostam, me enganam muito bem (rs).

9) E.L - Que dicas daria a quem está começando e quer se aventurar na vida de escritor?

Emerson Machado: - Nunca pare de escrever. É difícil no começo (bem difícil, não posso mentir). As pessoas podem te dizer que você não escreve bem, que não gostam de como você escreve, mas não deixe que essas palavras te desanimem. Alguém vai gostar do que você escreve, não se preocupe. Se desanimar, vai ficar ainda mais difícil alcançar esse sonho tão próximo e ao mesmo tempo tão distante...

E.L - Obrigado Emerson!


Emerson Machado nasceu em 1991. Foi estudante de Arqueologia pela Universidade Federal de Rondônia, atualmente vive em Curitiba e é estudante de Jornalismo.
Estreou na literatura em 2008 com o livro Nevon – O Pacto de Morte, publicado pela Protexto Editora, uma ficção fantástica que reúne elementos da fantasia como bruxas e dragões em volta de um misterioso pacto feito entre a família Nevon e uma bruxa perversa capaz de tudo para retornar à vida.
Em 2009, pela Duna Dueto Editora, publicou O Investigador de Sótãos, um infanto-juvenil que tem como tema a amizade e a doação de órgãos, enredo recheado de contos mitológicos.
O Investigador de Sótãos foi selecionado para fazer parte do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE 2011), do Ministério da Educação.
O conto erótico-thriller Prazer e o conto de suspense O Tiro estarão em uma antologia a ser publicada este ano.




Até a próxima entrevista!



6 comentários:

  1. Adorei a entrevista!!! :)

    ResponderExcluir
  2. nossa, ele tem minha idade e já publicou dois livros? além daidade, fazemos o mesmo curso, Jornalismo!

    ^^

    adorei a entrevista! muito boa mesmo!

    sucesso aos dois, entrevistado e entrevistador!

    http://manuscritoperdido.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Seguindo-te de volta.
    Jornalistas têm uma grande propensão a virar escritor mesmo rs ;)

    Acompanharei seu blog a partir de agora.
    http://truthordarehl.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oii!! Parabéns pelo seu blog *-*
    Visita lá o meu e me segue tb, ficarei muito felizz :D
    Bjs

    Leitura entre Amigas: http://leituraentreamigas.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é imprescindível para avaliar nosso trabalho.

Obrigado!